Teste

Breaking News

Dono de cervejaria investigada pela PF pediu a Lula para fazer propaganda da marca




Walter Faria, dono do Grupo Petrópolis, pediu ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva se tornasse ‘garoto-propaganda’ da cerveja Itaipava durante suas palestras, segundo publicação do jornal ‘O Estado de São Paulo
 Ainda de acordo com o periódico, Faria pagou R$ 1,5 milhão para LILS Palestras e Eventos, empresa de Lula, para participar de três inaugurações de fábricas de cerveja. Ressalta que o pedido foi feito via e-mail, que acabou interceptado pela força-tarefa da Polícia Federal.
“Se o Presidente (Lula), puder falar que: ‘A cerveja Itaipava por ser 100% brasileira, é sua cerveja preferida’ e, como falou na palestra de Atibaia: ‘Não bebo muita cerveja, mais quando bebo é Itaipava’, seria ideal para nos dar força na chegada da marca na Bahia”, dizia o e-mail.
Vale ressaltar que o Grupo Petrópolis é investigado por elo com propinas da Odebrecht no âmbito da Laja Jato, assim como o antecessor de Dilma Rousseff passa por investigações para saber se suas palestras, avaliadas em R$ 998 mil, tinham como objetivo lavar o dinheiro das empresas supostamente beneficiadas em seu governo.

Nenhum comentário