Teste

Automatic Slideshow

Breaking News

Sérgio Moro dá cortada em senador petista: Não quero estar acima da lei, mas cumprir a lei




varelanoticias
O juiz federal Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato, discutiu com o senador do PT, Lindbergh Farias, nesta quinta-feira (1º) durante visita ao Senado para falar sobre o projeto de abuso de autoridade.
A discussão começou quando o petista insinuou que Moro passou do limite com a condução coercitiva do ex-presidente Lula, em março, e a divulgação de conversas com a então presidente Dilma Rousseff (PT).
“Parece-me claro que a intenção que subjaz – não digo em relação a todos – é de que o projeto de lei de abuso de autoridade seja utilizado especificamente para criminalizar condutas de autoridades envolvidas na Operação Lava Jato. Para mim, ficou evidente, com o discurso do eminente senador, que o propósito é exatamente esse, ao afirmar aqui categoricamente que eu teria cometido atos de abuso de autoridade na condução dessa operação”, disse.
O senador negou que tenha dito que Moro cometeu abuso de autoridade e disse que “ninguém está acima da lei, nem juiz, nem o senador, nem ninguém”. Sérgio Moro então afirmou que nunca quis estar acima da lei, mas “cumprir a lei”.

Nenhum comentário