Teste

Automatic Slideshow

Breaking News

Prefeito Zito Barbosa e Governador Rui Costa inauguram a 1ª Base Avançada do Graer no Oeste



 Na sexta-feira (17), o prefeito Zito Barbosa recepcionou a comitiva do governador Rui Costa, que esteve em Barreiras para inauguração da Base Avançada do Grupamento Aéreo da Policia Militar (Bavan/Graer) e a entrega de 23 novas viaturas para a PM Regional, Rondesp, Cerrador, CPRO e Polícia Civil.
Durante a visita as instalações da base Graer, o prefeito Zito reforçou que a partir de agora, o patrulhamento será mais ostensivo e proporcionará mais agilidade no atendimento das ocorrências, ampliando o alcance das ações de Segurança Pública, nas áreas mais distantes.
“Essa base Graer sempre foi uma solicitação dos nossos agricultores e moradores de áreas rurais, além de toda população. Com esse trabalho de patrulhamento e apoio aéreo, os cidadãos do Oeste poderão se sentir mais seguros”, disse o prefeito Zito.
A unidade foi inaugurada pelo governador Rui Costa, prefeito Zito Barbosa, secretário de segurança pública da Bahia Dr. Maurício Barbosa e pelo comandante-geral da PM, Anselmo Brandão.
" Este é um dos investimentos do Governo do Estado para a região que também está recebendo o aporte de R$ 6 milhões com a construção do Distrito Integrado de Segurança Pública, que vai reunir em um mesmo espaço unidades das policias Militar, Civil e Técnica. E no próximo mês, retornamos ao Oeste para entregar o Presídio Regional", adiantou o governador.
 
Entre as diversas ações que serão desempenhadas pelas equipes do Bavan/Graer de Barreiras destaca-se o apoio nas operações integradas e de rotina, estando entre as prioridades o combate ao tráfico de drogas e às quadrilhas especializadas em roubos a bancos. Resgates e salvamentos também estarão no rol de serviços prestados para região.
 
GRAER- A Bavan foi construída e implantada através de uma parceria Público-Privada com a Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba). O Governo do Estado investiu R$ 24 milhões (aeronave modelo Esquilo, caminhão de abastecimento, entre outros equipamentos) e a estrutura física da unidade (R$ 4,2 milhões) foi construída pela Aiba, via financiamento do Programa para Desenvolvimento da Agropecuária (Prodeagro).


 

Nenhum comentário