Teste

Breaking News

“Se eu chego no momento, iria fazê-lo engolir aquele microfone”, dispara PM contra Kannário




Após a polêmica envolvendo o cantor Igor Kannário durante sua apresentação na Micareta de Feira de Santana, no último domingo (21), o coronel da Polícia Militar (PM) se posicionou contra a declaração do artista. Em entrevista ao portal Acorda Cidade, o coronel Adelmário Xavier disse que o vereador de Salvador deveria ter sido preso no momento em que descesse do trio.
“Infelizmente quando isso chegou ao meu conhecimento eu já tinha saído do circuito porque se eu chego perto dele, o procedimento normal era deixar terminar a apresentação e conduzi-lo à delegacia. Se eu chego no momento, eu iria arrancá-lo do trio e se caso fosse eu iria fazê-lo engolir aquele microfone para ele aprender a respeitar as pessoas e a Polícia Militar da Bahia”, afirmou.
Na ocasião, Kannário protagonizou uma confusão com uma policial militar e alegou que ela deveria respeitá-lo, por ele ser vereador. “Eu sou mais autoridade que você, eu sou vereador, me respeite. Procure seu lugar (…) Ela está mandando eu tomar no meu **. Ela tem que me respeitar (…) Tem um policial que não está preparado para ser um policial. Aquela oficial está despreparada e continua agredindo as pessoas”, alegou o vereador.

Nenhum comentário