Teste

Breaking News

Márcio Marinho presidirá conselho de associação de TVs e rádios legislativas




O secretário de Comunicação da Câmara dos Deputados, Márcio Marinho (PRB-BA), foi eleito hoje (7) presidente do Conselho Superior da Associação Brasileira de Televisões e Rádios Legislativas (Astral), durante reunião da entidade em Foz do Iguaçu (PR).

O encontro ocorreu em meio à 21ª Conferência Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais, que vai até a próxima sexta-feira (9).
Na ocasião, Márcio Marinho reiterou que a função dos veículos de comunicação da Câmara dos Deputados é transmitir com transparência e objetividade votações e debates que ocorrem na Casa, além de dar espaço para a cultura regional no rádio e na TV. “É importante ter esses veículos, porque eles diminuem a distância entre os parlamentares e a população”, afirmou.
Rede de rádio e TV
Marinho lembrou que, no último dia 3 de junho, a cidade de Teixeira de Freitas (BA) passou a integrar a Rede Legislativa de Rádio, permitindo à população de 13 municípios baianos acompanhar o trabalho da Câmara Municipal de Teixeira de Freitas e da Câmara dos Deputados.
“É muito importante que os veículos legislativos deem espaço a todos os segmentos representados no Parlamento. Todos os partidos têm que ter voz. Tendo como valores a isenção e a pluralidade, eles são fonte primária de informação para os veículos comerciais e garantem informação transparente, direta e segura para a população”, defendeu.
Participaram do evento vários presidentes de câmaras municipais e assembleias estaduais. Na avaliação do presidente da Assembleia Legislativa do Paraná, Ademar Traiano (PSDB), “o trabalho de comunicação do Legislativo é fundamental para dar espaço a todos os representantes da população, e não apenas aos ‘escolhidos’ pela mídia comercial”.
A opinião foi compartilhada pelo presidente da União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale), deputado estadual Adjuto Afonso (PDT-AM). “Esses meios de comunicação dos parlamentos são importantes porque eliminam intermediários, levando a informação diretamente para os cidadãos”, considerou.

Adjuto lembrou que, no último dia 16 de março, esteve com o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, para tratar da implantação de novas rádios e TVs legislativas.
Novas emissoras
Durante a reunião da Astral, houve a assinatura de acordo de cooperação entre a Câmara dos Deputados e a Câmara Municipal de Salvador para instalação da Rádio Câmara na capital baiana, que deve ser uma das próximas a entrar em operação.
A nova emissora vai integrar a Rede Legislativa de Rádio e TV, projeto da Câmara dos Deputados, em parceria com o Senado, assembleias legislativas e câmaras municipais de vários estados.
Outros canais de rádio que foram recentemente liberados são os de São Luís (MA), Belém (PA), Natal (RN) e Manaus (AM).
Márcio Marinho informou que, hoje, a TV Câmara opera em 44 emissoras em canal aberto, sendo 20 delas em capitais. Há 81 canais disponíveis para futuras transmissões.
Já para a Rede Legislativa de Rádio, há 127 canais disponíveis e cinco emissoras atualmente em operação: Brasília (DF), Cuiabá (MT), Bauru (SP), Pouso Alegre (MG) e Teixeira de Freitas (BA).

Nenhum comentário