Teste

Breaking News

Michel Temer "paga" a deputados R$ 32 bilhões para se salvar de denúncia





A salvação de Michel Temer nas duas denúncias deve custar R$32,1 bilhões aos cofres públicos, somando todas as concessões negociadas pelo governo entre junho e outubro. Para se ter uma ideia, de acordo com O Estado de S.Paulo, os recursos superam em R$ 6 bilhões o montante para pagar o Bolsa Família em todo o ano de 2018. O programa foi orçado em R$ 26 bilhões. Também foi maior que o custo da Usina Belo Monte, estimada em R$ 30 bilhões. 
Além das concessões, o Planalto empenhou R$ 4,2 bilhões de emendas parlamentares de deputaos, que têm execução obrigatória desde 2015. O ritmo das liberações é definido pelo governo e, se fossem consideradas, a conta subiria para R$ 36,3 bilhões.

Nenhum comentário