Teste

Breaking News

Ciro ataca 'esquerda tradicional' e dispara contra Bolsonaro: 'nunca administrou um pé de bodega'



Pré-candidato à Presidência da República pelo PDT, Ciro Gomes, minimizou a força do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) na corrida pelo Palácio do Planalto em 2018. Para o pedetista, Bolsonaro é um personagem.
"Ele é um personagem. Viveu a vida inteira, 26 anos de deputado, defendendo a agenda dos militares retirados. A população o encara como uma espécie de negação. Então, procura-se ali uma decência, e não há dúvida de que não está enrolado em nenhum escândalo grande. Até porque nunca administrou um pé de bodega para saber se, tendo a oportunidade, continuaria decente", afirmou o pré-candidato em entrevista à Metrópole FM na manhã desta quarta-feira (1º).
Segundo Ciro Gomes, Bolsonaro sequer conseguiu ascender na carreira de militar. "Numa carreira militar que vai de aspirante a militar, ele parou no segundo degrau. E saiu do Exército porque estava fazendo uns planos de soltar umas bombas no Rio de Janeiro como forma de reivindicação", apontou.
Na opinião do pré-candidato do PDT, Bolsonaro consegue inserção entre os brasileiros por conta do discurso que adota no que tange à violência. "Ele sinaliza uma resposta muito simples, muito contundente para o drama da segurança. De fato, o drama é real para o povo brasileiro e a esquerda tradicional fica confundindo direitos humanos com cobertura de bandido", atacou.
Em seu périplo pela Bahia nesta semana, Ciro Gomes palestrou na Faculdade de Direito da Universidade Federal da Bahia (Ufba) na noite desta terça (31) e, ainda nesta quarta, vai a Feira de Santana, onde irá proferir palestra na Universidade Estadual da cidade (Uefs).


Nenhum comentário