Teste

Breaking News

A população de Barreiras é a cidade da região menos atendida pela saúde básica, segundo ministério da saúde



Os municípios de Barreiras e Santana na região oeste apresentam os piores índices em cobertura de saúde básica na região. O Blog Sigi Vilares fez um levantamento sobre a cobertura do serviço básico de Saúde nos principais municípios da região Oeste da Bahia.

De acordo com Ministério da Saúde, cada Unidade Básica de Saúde deve atender em média, 3 mil habitantes. Os dados são repassados diariamente pelas equipe da atenção básica que alimentam o sistema.

 Com isso, o Ministério da Saúde consegue identificar onde existe uma demanda maior e consequentemente estabelece as metas para cada município.

Barreiras - De acordo com relatório do Ministério da Saúde, o município de Barreiras, oferece cobertura para apenas 54% da população, com 22 postos de saúde da família e 269 Agentes Comunitários de Saúde.

Correntina - Já o município de Correntina, tem 7 postos, com 80 agentes de saúde, o que represente um atendimento de 77%.

Formosa - O maior município da Bahia, Formosa do Rio Preto, também apresenta déficit no atendimento da saúde básica. Formosa conta com 47 Agentes Comunitários de Saúde e apenas 06 Unidade de Atendimento Médico.

LEM - O Município de Luís Eduardo Magalhães, também não oferece 100% de cobertura no serviço básico de saúde. O município caçula do estado da Bahia, dispõem de 16 Postos de saúde em funcionamento e 84 Agentes de Comunitários.







O que é UBS? - As Unidades Básicas de Saúde (UBS) são a porta de entrada preferencial do Sistema Único de Saúde (SUS). O objetivo desses postos é atender até 80% dos problemas de saúde da população, sem que haja a necessidade de encaminhamento para outros serviços, como emergências e hospitais.

Os profissionais do "Mais Médicos" atuam nas UBSs e compõem as equipes de saúde da família com enfermeiros, dentistas e agentes de saúde. Eles são, em sua maioria, especialistas em medicina de família e comunidade.  Aqueles que ainda não o são fazem, assim como os demais, um curso de especialização em saúde da família.

O médico de família tem uma formação ampla e integrada, que prepara o médico para fazer o atendimento de crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos, homens e mulheres, sendo capaz de resolver cerca de 80% dos motivos que levam as pessoas a procurar um médico.

Confira a lista só com os municípios que conseguiram atingir a cobertura completa:

Angical: 100%
Baianópolis: 100%
Bom Jesus da Lapa:100%
Buritirama: 100%
Catolândia: 100%
Cocos: 100%
Coribe: 100%
Cotegipe: 100%
Cristópolis: 100%
Ibotirama: 100%
Jaborandi: 100%
Mansidão: 100%
Riachão das Neves: 100%
Santa M. da Vitoria: 100%
São Desidério: 100%
São Felix do Coribe: 100%
Santa Rita de Cassia: 100%
Tabocas do B. Velho: 100%

Nenhum comentário