Teste


Breaking News

Existe uma idade certa para se casar?




Ser jovem demais para se casar” é mito. E quem afirma é o escritor Renato Cardoso, coautor do livro sobre relacionamento amoroso mais vendido do Brasil nos últimos oito anos, o “Casamento Blindado – O Seu Casamento À Prova de Divórcio”.
Com mais de 200 mil cópias vendidas dessa obra, outro livro dedicado a novas relações – “Namoro Blindado – O Seu Relacionamento À Prova de Coração Partido” – um programa de televisão dedicado ao assunto e pelo menos uma década de experiência aconselhando casais com a palestra Terapia do Amor, o escritor adquiriu conhecimento suficiente sobre o tema para garantir:
“Você não tem problema de casamento porque você casou novo. Você tem problema de casamento porque você casou despreparado. Porque a idade não é o problema.”
De acordo com Renato, muitas pessoas confundem-se ao acreditarem que a idade atrapalha um relacionamento, quando na verdade o que importa é o preparo e a maturidade de cada um. Ou seja: um jovem de 20 anos pode ser maduro o suficiente para se casar, enquanto um senhor de 50 pode nunca adquirir essa qualidade.
Nesse caso, a vida amorosa se assemelha à vida profissional. “Em muitas profissões você tem jovens que estão além da sua idade, são jovens para o que fazem, mas foram pessoas preparadas. Então não é a juventude em si [que importa]. Um casal pode casar jovem, mas tem que ter preparação”, explica Renato.
Como descobrir se estou pronto
No livro “Namoro Blindado”, Renato Cardoso e sua esposa, a também escritora Cristiane Cardoso, esclarecem que “há uma razão por que existem leis que proíbem pessoas abaixo de uma certa idade de fazer certas coisas, como comprar bebida alcoólica, dirigir um automóvel ou se casar, por exemplo. São atividades que exigem certa maturidade. São leis indiscutíveis, porque todos sabem que são para a proteção dessas próprias pessoas”.
Um casamento é uma decisão que deve ser tomada após grande reflexão, com os envolvidos jamais se deixando guiar por emoções. Muitos jovens são movidos por suas emoções e isso faz com que a sociedade pregue que se casar jovem é um erro. Isso não é verdade. Cada caso deve ser analisado pelos envolvidos com base na maturidade do casal.
Na verdade, essa reflexão deve ser feita antes mesmo de iniciar um namoro.
“Uma pergunta que o jovem tem de se fazer é: por que namorar? Sim, questione as razões. A maioria dos jovens começa a namorar por pressão dos colegas, da cultura, do círculo social ou do próprio coração. São razões erradas para começar a namorar – em qualquer idade. Seu namoro não pode ser uma satisfação social que você deve a quem quer que seja; tampouco deve ser uma validação do seu valor e importância como pessoa. Começar a namorar tem que ser uma decisão individual e bem considerada, pois ela não afetará ninguém mais do que você mesmo”, explicam os escritores.
Outra pergunta a ser feita antes de dar início a um relacionamento é: Estou pronto para me casar nos próximos dois anos?
“Se sua resposta é não, você não está em idade para namorar, seja com 12, 14 ou 40”, afirmam no livro.
Em resumo, “a idade certa para se casar” é um mito. Idade e maturidade são coisas diferentes. E você pode aprender mais sobre isso participando da palestra Terapia do Amor, que acontece todas as quintas-feiras, no Templo de Salomão ou clique aqui e encontre o endereço de uma Universal onde também é realizada essa reunião especial.


Assista ao vídeo abaixo, com Renato Cardoso, e entenda um pouco mais sobre o assunto:




Nenhum comentário