Teste

Breaking News

Encontrado morto em hotel, zagueiro italiano pode ter sido vítima de homicídio culposo



O futebol italiano continua de luto e a morte do zagueiro Davide Astori ainda é o principal assunto da mídia esportiva na Itália. A informação que chegou nas últimas horas é que a polícia pode estar investigando a possibilidade do defensor de 31 anos ter sido vítima de homicídio culposo. O procurador-chefe, Antonio de Nicolo, levantou essa possibilidade e abriu um processo penal “contra pessoas desconhecidas”. A desconfiança é de Astori tenha sido vítima de negligência.
“É um dever determinar se a morte de Astori ocorreu devido a uma trágica fatalidade ou se alguém deveria ter percebido algo.  É estranho que algo assim aconteça como um profissional tão vigiado. Se ele tivesse problemas cardíacos, ele sairia à luz. O início deste procedimento judicial nos permite identificar responsabilidades, se elas existem “, disse Nicolo para o jornal “La Republica”.
Os jogos de competições europeias (Champions League e Liga Europa) nesta semana vão ter um minuto de silêncio em homenagem ao zagueiro italiano.

Nenhum comentário