Teste

Breaking News

Novas placas para automóveis brasileiros



O Diário Oficial da União publicou na última quinta-feira (08/03) a resolução que define mudança nas placas dos automóveis brasileiros. Até o dia 31 de dezembro de 2023, todos os veículos deverão estar emplacados conforme modelo adotado pelo bloco econômico Mercosul.
As mudanças terão início a partir do dia 1º de setembro de 2018 e serão realizadas de maneira gradativa. Os primeiros automóveis a seguirem o novo padrão serão os novos (chamados de “zero quilômetro”) e os que estão passando por processo de mudança de município. A seguir, os veículos que necessitarem realizar troca de placas.
A partir de setembro, caberá a cada estado determinar os prazos para as adequações, desde que as datas não ultrapassem o limite estabelecido pelo Diário Oficial da União. Isso feito, será facultativo a cada proprietário a antecipação da substituição das placas atuais.
Por que mudar?
A nova placa segue padrão estabelecido pelo Mercosul, que atualmente conta com Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai (Venezuela está suspensa e Bolívia aguarda aprovação para adentrar o grupo). Dessa maneira, os carros poderão circular entre os países com menores burocracias, como já acontece na Europa, por exemplo.
Outra vantagem das novas placas é o aumento da segurança. Atualmente não é difícil clonar placas, mas as novas possuirão marcas d’água, tiras holográficas, códigos bidimensionais e chips de rastreamento.
As mudanças, além de aumentar a integração entre os países parceiros economicamente, também dificultarão a ação de criminosos.
Novos aspectos
Atualmente as placas brasileiras possuem três letras e quatro números, nessa sequência. Até 2024 elas possuirão quatro letras e três números, em ordem alternada. Cidade, estado e país também estarão presentes nas placas.
As medidas permanecerão as mesmas atuais, mas as cores também serão alteradas. Todas as placas serão brancas, com a coloração das fontes no seguinte padrão:
- Automóveis de passeio cor preta;
- Veículos comerciais cor vermelha;
- Carros oficiais cor azul;
- Automóveis em teste cor verde;
- Carros diplomáticos cor dourada;
- Veículos de colecionadores cor prateada.
Os valores para a alteração serão os mesmos praticados atualmente. Esses preços variam de estado para estado. Em São Paulo, por exemplo, as placas custam R$128,68.

Nenhum comentário