Teste


Breaking News

Vídeo: pastor Malafaia fala sobre prisão de Lula: “O povo não está com você”:



O pastor Silas Malafaia publicou um vídeo em suas redes sociais onde comentou os eventos relacionados com a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Em sua análise do discurso do petista afirmou que ele insiste no velho jargão comunista do “nós (o povo) contra eles (os poderosos)” e continua fomentando uma “luta de classes” comunista, que não deu certo “em lugar nenhum do mundo”. Aproveitou para mandar um recado direto a Lula: “A verdade é que você não representa mais o povo”. Lembrando que o político preso não é pobre e que seu filho ficou milionário no período em que o pai era presidente. Apontou ainda que no governo de Lula e da sucessora Dilma Rousseff, “os bancos e empreiteiras ganharam dinheiro como nunca”. Na opinião de Malafaia, o bom desempenho da economia do país durante os anos em que o PT esteve no poder foi por que eles “pegaram carona em um boom mundial”, mas que as consequências da má administração são vistas até hoje. Além da “roubalheira”, mencionou como exemplo claros disso a crise econômica e os 14 milhões de desempregados do país. “Preso político uma ova. Você foi preso por corrupção e ainda tem mais 6 processos. O povo não está com você, que teve que se esconder no sindicato. Se o povo estivesse com você, teria ido para a praça da Sé ou a Avenida Paulista”, asseverou Malafaia.
Assista abaixo:
Listando os apoiadores de Lula – MTST, MST, CUT –  calculou que eram cerca de três mil apoiadores no Sindicato em São Bernardo do Campo. Insistiu que está claro que só estão do lado dele os “militontos” e políticos do PSOL e do PCdoB. Também listou as diferentes instâncias onde o ex-presidente foi condenado e repudiou as alegações de perseguição a ele. “Acabou a história. Não adianta essa sua bravata”, disparou. Encerrou dizendo não ter dúvidas que “a máscara de Lula está caindo” e fazendo uma oração para que Deus tenha misericórdia do país e levante “alguém com integridade, capacidade e seriedade”. (Informações: Gospel Prime / por Jarbas Aragão)

Nenhum comentário