Teste


Breaking News

Câmara de Vereadores de Bom Jesus da Lapa encerra trabalhos do primeiro semestre


A sessão realizada na manhã desta quinta-feira, 12 de julho, no Plenário da Câmara Municipal de Vereadores de Bom Jesus da Lapa , encerrou as reuniões do primeiro semestre de 2018. Dirigida pelo presidente da Casa, Miguel Leles(PSL),  os vereadores falaram das proposições apresentadas, discutiram e votaram quatro projetos.

Em pauta estavam os Projetos de Lei nº 1.341/2018, Projeto de Lei Lei n° 1.1338/2018, Projeto de Lei  nº 1.339/2018, os três  do Executivo Municipal,  e o Projeto de Lei nº 1.337/2018 de autoria do vereador Eduardinho, que foram aprovados sem segunda e última discussão.


No uso da fala o vereador Romeu Thessing(PCdoB) agradeceu a Codevasf pela elaboração do Projeto da Adutora do Projeto Formoso,  pela Adutora do Retiro, que já passou pelos últimos testes e em breve deverá ser entregue a comunidade. Ele agradeceu também ao governo do estado, que liberou um trator para a comunidade da Ilha da Mariquinha por meio de uma emenda parlamentar, destacando também, que a comunidade em breve vai ser beneficiada com a energia elétrica. E finalizou cobrando das autoridades mais empenho no caso do desaparecimento do presidente do Sindicato dos Trabalhadores de Bom Jesus da Lapa, que segundo ele, não tem demostrado e nem esclarecido para os familiares como andam as investigações sobre sumiço de Eduardo Pereira.

O vareador Davi (PT), também cobrou das autoridades mais empenho nas investigações, cobrando mais responsabilidade da polícia com o caso do desaparecimento do Presidente do STTR, que segundo o edil, é um descaso. Davi encerrou o pronunciamento falando da BA 160, cobrando do governado o início do cascalhamento da estrada, prometida na última viagem que ele fez na cidade de Bom Jesus da Lapa.

Já o vereador Leonel(PCdoB), afirmou que os vereadores cumpriram a sua parte no primeiro semestre, trabalhando em prol do povo, conseguindo vários benefícios para o município de Bom Jesus da Lapa.

Também sobre o sumiço do presidente do STTR, Irmão Romilson lembrou que sem segurança pública a população fica sem proteção, que o caso não pode ficar assim, sem uma resposta clara por parte das autoridades, como se nada tivesse acontecido, como se fosse só mais um nas estatísticas. E frisou que a população e os colegas não poderiam se calar em hipótese alguma com situações como essa, que requerem uma resposta firme das autoridades do município e do estado. Ele agradeceu a Casa pelo apoio, por ter aprovado projetos importantes de sua autoria no primeiro semestre de 2018.

Eduardinho frisou que aprendeu muito em um ano e meio de mandato e que está a disposição para lutar e ajudar o município de Bom Jesus da Lapa. Destacando que o projeto de sua autoria, aprovado na última sessão do primeiro semestre, vai ajudar muito a fortalecer a segurança lapense, e cobrou também resposta da polícia para o caso do desaparecimento do presidente do Sindicato.

Com a palavra, o vereador Jair Gomes(PSDB) destacou que nas suas últimas viagens a Salvador, conseguiu fazer vários encaminhamentos importantes, conseguindo a ordem de serviços para instalação de energia em comunidades do interior do município.  Ele finalizou cobrando da gestão municipal maior responsabilidade com a obra do Mercado Municipal, e início do funcionamento do Frigorífico Municipal que já foi inaugurado.
Antes de finalizar a sessão, Miguel Leles fez o uso da palavra e agradeceu os colegas pelo bonito trabalho realizado em prol da população de Bom Jesus da Lapa, destacando os projetos aprovado pela Casa no semestre. Ele frisou que mesmo os parlamentares tendo posicionamento político diferente, todos se respeitaram e fizeram o que era de interesse da população. O presidente também cobrou a liberação dos recursos financeiros para recuperação da BA 160, e cobrou da polícia tratamento igualitário para o caso do presidente do STTR, que não tem mostrado interesse em esclarecer o fato, segundo ele.

Nenhum comentário