Teste


Breaking News

Convenção do PDT: com discurso moderado, Ciro foca em crise econômica e alfineta Bolsonaro



O PDT homologou, na convenção realizada no início da tarde desta sexta-feira (20), a candidatura do ex-ministro Ciro Gomes à presidência da República. Conhecido por seu temperamento difícil, o pedetista foi comedido em seu discurso, que focou em questões ligadas à economia e ao desemprego.

Sem citar nomes de adversários, Ciro alfinetou seu adversário Jair Bolsonaro (PSL) em pelo menos dois momentos, ao dizer que "não se faz o enfrentamento disso [da violência] com frases de efeito”. 

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, também alfinetou Bolsonaro, porém sem citá-lo nominalmente, ao sugerir que o deputado não entende de economia. “Você precisa entender de economia. Política não é só a apresentação de um garoto-propaganda como se fosse um sabonete. É um debate de ideias”, bradou.

O evento também teve discursos de ex-governadores pedetistas e de lideranças de correntes do partido.  Na noite desta quinta-feira (20), vazou a informação de que o “Centrão”, cobiçado por Ciro, decidiu fechar apoio a Geraldo Alckmin (PSDB), deixando ao ex-ministro a opção de lutar pelo apoio de siglas de esquerda como o PSB e o PCdoB

Nenhum comentário