Teste


Breaking News

HOMEM É MORTO À TIROS EM PRAÇA DE ALIMENTAÇÃO NO CENTRO HISTÓRICO EM BARREIRAS




O crime aconteceu na Praça de Alimentação 24 horas, por volta das 05h 30 deste domingo (29), no Centro Histórico de Barreiras/BA. No local, ao conversar com o delegado Francisco Carlos de Sá, a mulher da vítima contou que, momentos antes de Matheus Santos de Souza, de 23 anos, ser atingido com um tiro no peito, discutiu com o provável autor do crime, ocupante de um Gol branco, que ainda não foi identificado. A discussão ocorreu depois que o suposto homicida mexeu com a companheira da vítima.
Ela diz que estava fazendo um lanche em companhia de Matheus, quando o suspeito passou com o carro fazendo provocações, chamando-a de ‘gostosa’. Ressalta que após discussão, o mesmo retornou e efetuou o disparo sem descer do automóvel e saiu rapidamente, tomando rumo ignorado. Também observou que ele se encontrava em companhia de outros rapazes.
Os pais e um irmão da vítima estavam inconsoláveis ao lado do corpo e bradavam por justiça. Eles comentaram que o crime foi praticado por um policial apaisana, mas essa informação não foi confirmada pela mulher de Matheus, que ainda será interrogada na delegacia. “O que nós sabemos, por enquanto a respeito do fato é o que está sendo dito por ela e familiares, mas vamos apurar”, comentou Francisco Sá.
Comerciantes presenciaram a discussão e alegam que a vítima se aproximou do veículo, quando ouviram apenas um tiro. O crime será investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP). “Meu filho não era bandido. Trabalhava comigo descarregando caminhão todos os dias e saiu de casa para se divertir com a mulher dele. Queremos justiça”, comentou o senhor Clodoaldo de Souza (pai de Matheus).
Clodoaldo declarou que Matheus era natural de Barreiras/BA, morava no bairro São Miguel e exercia a profissão de “chapa”.
Policiais Militares e uma equipe do Departamento de Polícia Técnica comandada pelo perito criminal Mauro Medeiros foram à área do crime dar início aos trabalhos de perícia e remoção do corpo para o IML do DISEP/SESI.
Fonte: PortalOesteBahia/ Alô Alô Salomão 

Nenhum comentário