Teste


Breaking News

Integrante do MST que foi preso em Brasília por estupro disse que foi apoiar Lula



O Porral Diário do Poder informou que o homem que foi preso nesta terça-feira (14), por tentativa de estupro se identificou como integrante do Movimento Sem Terra (MST) e afirmou que estava em Brasília para participar da “Marcha Nacional Lula Livre”. A publicação ressalta que a manisfestação em favor do presidiário já atormenta o cotidiano dos brasilienses há dois dias.

Segundo o portal, a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) prendeu o sujeito que assumiu ser um integrante do MST após ele ter estuprado uma mulher na região do Núcleo Rural Boa Esperança II, próximo a Granja do Torto.

"O homem foi detido por dois populares que passeavam a cavalo no local, quando ouviram os gritos da mulher pedido socorro.  A vítima trabalha em uma chácara na região, no caminho do trabalho foi atacada pelo homem, que a arrastou para dentro do mato", diz a publicação.

O estuprador foi detido e ficou amarrado até a PMDF chegar ao local. A Tanto a vítima, testemunhas e o estuprador foram conduzidos para a 5ª DP. Na delegacia foi constatado que o homem é lavrador, mora na cidade de Campos Belos (GO) e tem 10 passagens a maioria por ameaça.

Por meio de nota o MST nega que o homem tenha algum vínculo com o movimento".

As informações são do Diário do Poder 

Nenhum comentário