Teste


Breaking News

Sem médico em hospital, mulher dá à luz em banco de praça



Um dia antes de uma jovem ter dado à luz ao filho no corredor do Hospital Menandro de Farias, em Lauro de Freitas, Região Metropolitana de Salvador (RMS), uma mulher teve um bebê no banco de uma praça a poucos metros da unidade. O caso aconteceu no domingo (12) e a gestante chegou a procurar atendimento no mesmo hospital, mas foi informada por funcionários que não havia nenhum médico obstetra no local.

Apesar disso, a grávida, que não foi identificada, conversou com o segurança e explicou que estava sentido dores e pediu para ser encaminhada para outro hospital por uma ambulância, para que tivesse a criança. A solicitação não foi acatada e ela decidiu ir embora. Com R$ 20 nas mãos, a mulher pediu uma corrida com um taxista, que cobrou R$ 30 pelo serviço e se recusou a transportar a gestante.
Fora da unidade hospitalar, o parto foi realizado em um banco de uma praça por uma amiga, uma vendedora ambulante e mototaxistas que estavam no local.
A diretora de gestão da rede hospitalar da Secretaria Estadual de Saúde (Sesab), Tereza Paim, alegou que, embora não existisse obstetra no momento do parto, o hospital possui outros profissionais capacitados para atender as gestantes. Contudo, a Sesab e a direção do hospital vão reforçar a capacitação dos funcionários a fim de evitar novos casos. Novos profissionais devem ser contratados.

Nenhum comentário