Teste


Breaking News

A Bahia tem 126 milionários disputando as eleições de outubro

redacao@varelanoticias.com.br
Dos 1.125 candidatos baianos nas eleições declararam patrimônio superior a R$ 1 milhão à Justiça Eleitoral. Dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) apontam que 126 milionários estão na disputa deste ano aos cargos de governador, senado, deputado estadual e federal.
Levantamento feito pelo Correio mostra que a maioria busca uma vaga na Assembleia Legislativa, com 64 postulantes na faixa dos milhões em bens registrados – equivalente a 50% do universo de milionários na eleição. Depois estão os candidatos a deputado federal, com 54 casos – 43,2% do total. Três disputam o governo do estado e outros quatro, o Senado. Dentre os candidatos a vice-governador, somente João Leão (PP) integra o grupo, com patrimônio de  R$ 2 milhões.
Entre os partidos, quem tem mais representantes neste grupo é o PSD, com 15 candidatos. Logo depois aparece o PP, com 14 integrantes. Na lista há representantes de 20 partidos, entre os tradicionais e os nanicos.
MILIONÁRIOS – O mais rico entre todos os postulantes do estado é Raimundinho da JR (PDT) (na foto), que declarou patrimônio de R$ 20 milhões. Atrás dele está Paulo Magalhães (PSD), que busca a reeleição na Câmara  dos Deputados e registrou bens que equivalem a R$ 16,6 milhões. Reinaldo Braga  (PR), que busca a reeleição na Assembleia, está na terceira posição, com R$ 13  milhões, enquanto Claudio Cajado (PP), que tenta se manter no Congresso, vem em  seguida com R$ 11,1 milhões. O ranking dos cinco mais ricos nas eleições tem ainda o deputado federal e postulante à reeleição Lucio Vieira Lima (MDB), que declarou patrimônio de R$ 9,2 milhões.

Nenhum comentário