Teste


Breaking News

CNT/MDA: Rejeição de Haddad chega a 53,2% e supera a de Bolsonaro com 50,2%.




A pesquisa de intenção de voto CNT/MDA, divulgada neste sábado (6), mostra que, se a eleição fosse hoje, haveria segundo turno para a eleição presidencial e ele seria disputado entre Jair Bolsonaro (PSL), citado por 36,7% (42,6% dos votos válidos), e Fernando Haddad (PT), citado por 24,0% (27,8% dos votos válidos).

Assim como na última pesquisa, Jair Bolsonaro e Fernando Haddad são os candidatos cujos eleitores se declaram como os mais decididos a confirmar o voto, com 90% para ambos nesse levantamento.

Em simulação de segundo turno, Jair Bolsonaro venceria Fernando Haddad, caso a eleição fosse hoje, por 45,2% a 38,7%. Jair Bolsonaro também venceria Geraldo Alckmin e aparece em empate técnico contra Ciro Gomes. Fernando Haddad perderia para Ciro Gomes, em eventual segundo turno e aparece empatado com Geraldo Alckmin.

Jair Bolsonaro confirma a tendência de crescimento na reta final, liderando os cenários de primeiro turno e ultrapassando Fernando Haddad no segundo. A rejeição do petista, agora, é a maior de todos os candidatos. Na pesquisa 53,2% dos eleitorem afirmaram que não votariam em Haddad de jeito nenhum, nesse memso quesito o índice de Bolsonaro é de 50,2%.

Numa simulação de primeiro turno em intenção de voto espontânea, Jair Bolsonaro possui 33,9%, enquanto Fernando Haddad 20,4%. Ciro Gomes é o terceiro colocado com 7,3% das intenções. Geraldo Alckmin possui 4,1%, João Amoêdo 1,8%, Henrique Meirelles 1,2%, Marina Silva 1,1%, Alvaro Dias 1,1%. Nesta pesquisa Outros representam 1,8%, votos brancos ou nulos 9,7% e indecisos: 17,4%.

A pesquisa foi realizada entre os dias 4 e 5 de outubro de 2018. Foram ouvidas 2.002 pessoas, em 137 municípios de 25 Unidades Federativas, das cinco regiões do país. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais com 95% de nível de confiança. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o número BR-04819/2018.

Nenhum comentário