Teste


Breaking News

Boris humilha Globo ao vivo após caso Bolsonaro e ensina a fazer jornalismo


O âncora da RedeTV!, Boris Casoy,  se irritou com uma nota dada pela Globo News (parecida com a da TV Globo), na qual ele e a Record TV foram criticados pelas perguntas feitas ao Senador, Flávio Bolsonaro. Flávio falou sobre as movimentações feitas em sua conta bancária, que viraram objeto de análise do Ministério Público.
Nesta segunda-feira, 21 de janeiro, Casoy rebateu: “Embora a GloboNews tenha dito que nesta entrevista não foram feitas todas as perguntas, a RedeTV! fez um trabalho profissional e isento. Fiz todas as perguntas que o momento requeria, algumas até de forma incisiva”. 
Na sequência, ele humilhou a Globo pela forma como tem levado o caso da família Bolsonaro, sendo boicotada de entrevistas e atacada pelo presidente do Brasil,  Jair. 
“Bom jornalismo é o que faz as perguntas isentas e imparciais, e não o jornalismo inquisitivo que almeja obter respostas que gostaria de ouvir do entrevistado”, disse o comunicador da RedeTV! parecendo bastante irritado.  A Record não rebateu oficialmente as acusações da TV Globo.
O jornalista Lúcio Sturm, que entrevistou Flávio para a Record, lamentou apenas o fato de não ter feito uma pergunta envolvendo a filha de Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro. Ele fez o comentário em contato com o também jornalista Maurício Stycer. 
Vale lembrar que no domingo, 20 de janeiro,  durante o  ‘Fantástico’, a Globo criticou a Record por falta de algumas perguntas a Flávio. A crítica da Globo dividiu opiniões, já que não é comum emissoras criticarem publicamente o jornalismo das outras. 

Nenhum comentário