Teste


Breaking News



Projeto do Hospital Municipal de Luís Eduardo é apresentado a Câmara de Vereadores


Na tarde da quinta-feira (28), o prefeito Oziel Oliveira, acompanhado do secretário de Saúde, Felipe Melhem e da equipe de governo, se reuniu com os vereadores do município para apresentar o projeto do Hospital Municipal de Luís Eduardo Magalhães. A apresentação foi realizada pela arquiteta da secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão, Rafaela Zílio.

Após a explanação, o prefeito lembrou que a obra mais urgente e tão aguardada pela população só está saindo do papel, uma vez que a condição do município ficou regularizada. “Hoje, podemos ver o sonho prestes a sair do papel, mas foi preciso pagar as contas, colocar INSS em dia para poder ter uma certidão negativa e conseguir dar ao nosso povo o que essa gente merece” comentou.

De acordo com o gestor do executivo, o projeto da construção do hospital foi articulado com o Governo do Estado, com a participação efetiva da deputada estadual Jusmari Oliveira e o direcionamento da Secretaria Estadual de Saúde. A nova estrutura contará com 90 leitos, enquanto hoje a cidade dispõe de apenas 45. O prefeito enfatizou a situação financeira do município, mostrando todas as condições para manter o funcionamento hospitalar.

Já o secretário de saúde destacou o número elevado de atendimentos mensais para a atual estrutura da UPA que é nível I, onde a mesma precisa ter estrutura de uma UPA nível II para atender a demanda local. “Mensalmente atendemos em torno de 10 mil pessoas. Recebemos uma verba de 170 mil, mas gastamos aproximadamente 600 mil em recursos próprios para manter a UPA. O que significa dizer que ela recebe como aporte l, mas funciona como aporte ll. E nós estamos preparando uma reforma para se tornar aporte ll. Nosso desejo é melhorar o atendimento e dar mais comodidade a população de Luís Eduardo Magalhães, que esse povo merece” esclareceu Melhem.

A construção do Hospital Municipal de Luís Eduardo Magalhães dará a cidade resolutividade no atendimento médico, realização de exames e vagas de UTI. A estrutura do Hospital e Maternidade Gileno de Sá será transferida para o novo hospital e o que já é investido lá será direcionado para a nova estrutura. O governo municipal está preparado para manter um hospital moderno e com parceria com o Estado da Bahia.

Atualmente, pacientes de alta complexidade precisam esperar por um leito para serem transferidos para o Hospital do Oeste – HO, em Barreiras, dependendo do tratamento esperam de 10 a 20 dias para ir para um leito em Salvador. O sofrimento dos luiseduardenses não pode ficar sem uma solução.

De acordo com o presidente da Câmara Municipal, Reinildo Nery, as dúvidas que ele tinha em relação a manutenção do hospital foram sanadas. “Esse é o clamor do povo há muito tempo e por isso eu estou aqui representado os nossos cidadãos. Hoje, eu tirei minhas dúvidas e vou aguardar o projeto para votar pela saúde dos nossos munícipes” declarou o vereador.

Confira os nomes dos vereadores que participaram da apresentação do projeto: Santil Coqueiro; Reinildo Nery; Silvano Santos; Carlos Koch, Nei Vilares, Filipe Fernandes, Luciano Santos, Kelmuth Maclaren, Elton Almeida e Raimundo Nacional Motos.


Assessoria de Comunicação (ASCOM)
Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães/BA


Nenhum comentário