Teste


Breaking News

Defesa de Geddel e Lúcio Vieira Lima pede para clientes serem julgados na Bahia


A defesa do ex-ministro Geddel Vieira Lima e do irmão, o ex-deputado federal Lúcio Vieira Lima, pediram ao Supremo Tribunal Federa (STF) para que os inquéritos referentes à “Operação Cui Bono?” sejam enviados para a Justiça Federal na Bahia, segundo a revista Época.

A operação investiga suspeitas de fraudes na liberação de créditos da Caixa. No pedido, os advogados afirmam que o envio do caso à 10ª Vara Federal, no Distrito Federal, violou o princípio do juiz natural e as regras de fixação da competência.

A defesa alega ainda que não há conexão entre os fatos apurados e as "infundadas ilações" realizadas no inquérito, portanto, não haveria razão para que o caso fique no DF.

Nenhum comentário