Teste


Breaking News

Bolsonaro veta projeto que obriga hospitais a notificarem casos de violência contra a mulher


O presidente Jair Bolsonaro vetou integralmente um projeto de lei que ordenava os profissionais de saúde, da rede pública e privada, a registrar no prontuário médico da vítima, além de comunicar à polícia, os casos que apontem indícios de violência contra a mulher. A proposta estabelecia, ainda, que a notificação deveria ser feita para a polícia no prazo de até 24h, para providências cabíveis e fins estatísticos.
A decisão foi publicada no Diário Oficial da União na última quinta-feira. De acordo com o presidente, o veto foi recomendado pelos ministérios da Saúde e da Mulher, Família e Direitos Humanos.
Os senadores e deputados vão analisar o veto em sessão no Congresso. Ainda não há data para esta pauta.

Nenhum comentário