Teste


Breaking News



Governo federal libera R$ 18 milhões para Obras Sociais de Irmã Dulce



Dois dias após a canonização de Irmã Dulce, o governo federal assinou uma portaria nesta terça-feira (15/10) para repassar R$ 18 milhões ao Hospital Santo Antônio, em Salvador (BA). A unidade de saúde é o coração das Obras Sociais Irmã Dulce (Osid), e tem sua raiz datada de 1949, quando a Santa Dulce dos Pobres improvisou um abrigo para 70 doentes resgatados das ruas da capital baiana, no galinheiro de um convento.

Os novos recursos, de acordo com o Poder Executivo, serão destinados ao custeio de estudos e pesquisas em saúde, à manutenção e reforma do hospital e à capacitação de recursos humanos. Na cerimônia de assinatura da portaria, realizada nesta tarde, o presidente Jair Bolsonaro enalteceu a canonização de Irmã Dulce, ocorrida no último domingo (13/10), no Vaticano. 

"O que fica da obra dela é nós tentarmos ser, pelo menos um dia por ano, o que foi Irmã Dulce. Uma mulher que levou esperança para muita gente com seu sacrifício, com sua abnegação, com seu determinismo. Levou o bem, tirou as dores e curou muita gente com o seu trabalho", declarou.
O Hospital Santo Antônio atende e é financiado pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e por doações. Atualmente, o complexo hospitalar realiza mais de 2 milhões de atendimentos por ano. Os recursos federais são repassados pelo Fundo Nacional de Saúde para o Fundo Estadual de Saúde da Bahia. 

Correio Braziliense

Nenhum comentário