Teste


Breaking News



Prefeito de Porto Alegre envia à Câmara projeto de gratuidade de ônibus para trabalhadores



A Prefeitura de Porto Alegre quer que a capital do Rio Grande do Sul deixe de ser a que tem a tarifa de ônibus mais cara do país, atualmente em R$ 4,70.
Segundo o jornal Folha de São Paulo, o plano da gestão municipal é oferecer gratuidade aos trabalhadores de carteira assinada a partir de 2021. Os demais pagariam R$ 2, uma redução de mais de 50% no valor da passagem atual. Os estudantes pagariam meia, ou seja, R$ 1.
A ideia da prefeitura é modificar a política tarifária e privilegiar o transporte coletivo para desafogar o trânsito da cidade. Atualmente o município não dá qualquer subsídio às empresas de ônibus.
O projeto para reduzir o valor da tarifa já foi enviado à Câmara Municipal da cidade, que deve votar as mudanças ainda nesta semana.
Para bancar o projeto, a prefeitura quer, entre outras coisas, taxar os motoristas de transporte de aplicativo por quilômetro rodado. Além disso, pretende cobrar um pedágio diário para carros com placas de fora de Porto Alegre, a chamada “tarifa de congestionamento”, no valor de R$ 4,70.

Nenhum comentário