Projeto oferece banho quente a pessoas que vivem em situação de rua

Nos meses finais de 2019, o Anjos da Madrugada – projeto social do grupo Evangelização (EVG) que visa recuperar pessoas em situação de rua – realizou uma grande campanha. O objetivo era arrecadar doações que colaborassem com uma ideia muito especial. A aquisição de um reboque com duas cabines equipadas para banho que saísse, inicialmente, às ruas de São Paulo para atender pessoas que vivem em condições de vulnerabilidade social.
“Banho do Bem” é uma maneira de oferecer algo simples, que faz parte do nosso dia a dia. Mas, ao mesmo tempo, um hábito tão complexo para aqueles que moram nas ruas: tomar um banho de água quente. Muitos ficam dias ou semanas sem banho e roupas limpas, o que dificulta, por exemplo, a busca por um emprego.
A boa notícia é que a meta da campanha foi alcançada. E a carreta que leva as duas cabines de banho, uma feminina e outra masculina, com o reservatório de água acoplado, já está em ação. Além de também doar roupas e kits de higiene pessoal, o projeto ajuda essas pessoas na retomada de sua dignidade.
Em apenas uma noite de ação, no viaduto do Glicério, na região central de São Paulo, 40 pessoas foram beneficiadas com banho quente, kits de higiene pessoal, refeição de qualidade, cortes de cabelo e, sobretudo, atendimento espiritual.
Assista abaixo ao vídeo com o Bispo Renato Cardoso apresentando os primeiros passos do “Banho do Bem”.

Saiba como ajudar ou se tornar um voluntário
Quer apoiar este trabalho e ajudar pessoas que se encontram às margens da sociedade a terem uma oportunidade de ressocialização? Colabore com o valor que puder e seja também um anjo na vida de alguém que, por muito tempo, tem sido desprezado, mas que poderá recomeçar com uma palavra de fé, um prato de comida e um banho quente. Doe via universal.org/doar.
Você também pode ser um voluntário do Anjos da Madrugada. Encontre o endereço de uma Universal perto de você e saiba como. O projeto, semanalmente, realiza ações sociais pelas ruas de todo o Brasil e em outros países. Voluntários saem às ruas e distribuem roupas, calçados cobertores, refeições, além de realizar atendimentos gratuitos em diversas áreas como beleza e bem-estar, assistência social, médica e jurídica.

Nenhum comentário