Ciro Gomes: ‘Bolsonaro roubou e ensinou filhos a roubar’


“Eu fui deputado junto com ele [Bolsonaro]. Vá na Câmara e compare os gastos de gasolina do meu gabinete com o gabinete do Bolsonaro no mesmo mês. Mês a mês. Vai ver quantos funcionários eu tinha no meu gabinete e quanto ele tinha no dele. Ele tinha seis funcionários fantasmas.
Que só faziam assinar o recibo para ele colocar o dinheiro no bolso. Esse homem roubava dinheiro da gasolina do gabinete da Câmara. Esse homem roubava dinheiro de funcionário fantasma e ensinou essas práticas aos filhos”. As palavras são de Ciro Gomes (PDT) em entrevista ao Uol, nesta quinta, 9.
O candidato derrotado pelo próprio Bolsonaro nas eleições de 2018, não mostrou, porém, provas do que disse.

Nenhum comentário