Empresas do secretário de Paulo Guedes devem R$ 543 mil à União, diz coluna


Carlos da Costa, o secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, é sócio de duas empresas que devem R$ 543,1 mil à União. A informação é da coluna de Guilherme Amado, da revista Época.
Em setembro do ano passado, a publicação mostrou que a dívida das companhias do secretário era de R$ 260,3 mil. O valor mais que dobrou nesse período.
Costa é sócio da C A J Cursos e da P&L Educação Continuada, sediadas no mesmo imóvel, em São Paulo. As duas empresas afirmam prestar treinamentos e consultoria em gestão empresarial. A P&L deve R$ 458,8 mil à União. A C A J deve R$ 84,3 mil.
As informações estão nos registros da Dívida Ativa da União, controlada pela Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional, que também funciona no Ministério da Economia. Do total de R$ 543,1 mil da dívida, R$ 341,7 mil vêm de dívidas previdenciárias.

Nenhum comentário