Onyx Lorenzoni segura dinheiro para ações sociais durante pandemia


Ministro da Cidadania, Onyx Lorenoni já recebeu o montante superior a R$ 3,1 bilhões para beneficiar a população afetada pelo novo coronavírus (Covid-19), mas, pelo menos até sexta-feira (1º), o dinheiro não estava nem na primeira etapa para sair do caixa
A verba foi liberada para investir em ações de assistência social e programas de segurança alimentar durante a crise. Segundo informações da Folha de S.Paulo, no sábado (2), ao procurar justificativas, a assessoria do ministro disse que encontrava-se de folga por causa do dia do Trabalho e que não poderia responder sobre a demora do empenho dos recursos.
Entre as despesas que não saíram do papel está a destinação de R$ 9,5 milhões para programas de alimentação em Roraima, governado pelo aliado Antonio Denarium (PSL) e onde fluxo de imigrantes na fronteira com a Venezuela é preocupante. Também empacou os R$ 2,5 bilhões para a rede do Sistema Único de Assistência Social.​

Nenhum comentário