Senado só deve decidir sobre adiamento das eleições em julho


A decisão sobre mudar a legislação para adiar as eleições municipais deste ano – programada para outubro – só será tomada pelo Senado em julho. A decisão foi tomada durante reunião de líderes partidários com o presidente da Casa e do Congresso, Davi Alcolumbre (DEM-AP).
Os senadores querem aguardar até 30 de junho para saber a dinâmica do novo coronavírus até aquela data. “Vamos esperar e ver os efeitos dessa pandemia, da curva da pandemia no Brasil, pra tomar uma decisão. Até lá não tem nada definido”, defendeu o líder do PDT, senador Weverton (MA).
Na próxima sexta-feira (29) uma comissão de parlamentares deve fazer uma visita ao ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF). Eles devem discutir a situação das eleições junto com uma comissão do tribunal. Barroso assume o tribunal eleitoral nesta segunda-feira.
Em sessão plenária remota, o Senado aprovou nesta egunda a Medida Provisória 918/202. A matéria altera a estrutura de funções comissionadas e cargos em comissão na Polícia Federal. Com esta votação, a MP vai a promulgação. Segundo o executivo, autor da proposta, a criação de 526 funções e criação de 344 cargos visam fortalecer as unidades descentralizadas da instituição.

Nenhum comentário