Jovem sai para pagar contas e é preso por 'parecer' suspeito de roubo a carro em Salvador




A família de Gabriel dos Santos Silva, 23 anos, está apreensiva desde a tarde desta sexta-feira (12), quando ele foi preso acusado de participar do roubo de um carro.

O jovem de Novo Horizonte havia saído pra sacar dinheiro e pagar a fatura de uma conta a pedido de sua mãe, dona Daniela, quando teria sido abordado por policiais no Centro Administrativo da Bahia (CAB).

De acordo com relatos feitos por amigos nas redes sociais, os policiais acusaram Gabriel de ter roubado um veículo.

"Gabriel sequer sabe dirigir, não tinham nenhuma prova contra ele, ele não tem antecedente, a suposta denunciante não apareceu para prestar queixa", diz a denúncia.

O motivo da prisão, segundo o relato feito nas redes sociais, é que Gabriel tinha as características apontadas pela vítima do roubo do veículo: negro, cabelo loiro e tatuado.

Em contato com o Bahia Notícias, familiares disseram que Gabriel se encontra preso na Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos, no Iguatemi, mas não teve contato com ninguém até o momento. Familiares suspeitam que Gabriel tenha sido agredido.

Os advogados da família já estão tomando as medidas cabíveis para conseguir soltar Gabriel. Autoridades policiais disseram à família do jovem que ele ficará preso até a próxima segunda-feira (15) aguardando decisão judicial.

Ao Bahia Notícias, a assessoria de imprensa da Polícia Civil disse que Gabriel "foi conduzido para DRFRV e autuado em flagrante por extorsão (Art 158)".

"Uma guarnição da Polícia Militar, que o conduziu à especializada, recebeu denúncia de que ele estaria exigindo dinheiro do proprietário, para devolver um veículo roubado no dia 10 de junho. Aguarda encaminhamento para audiência de custódia da Justiça. A família esteve hoje na unidade e foi informada que poderia retornar na segunda-feira, visto que aos finais de semana não são permitidas visitas", acrescenta a nota.

Nenhum comentário