Teste


Breaking News



Barreiras: Motorista alcoolizado engana frentista, não paga gasolina e é preso

Barreiras: Motorista alcoolizado engana frentista, não paga gasolina e é preso
Foto: Divulgação
Um motorista de 39 anos foi preso pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na madrugada desta sexta-feira (24), após ser flagrado dirigindo veículo automotor sob influência de álcool. A ação foi registrada por volta das 02h40, no KM 833 da BR-242, trecho do município de Barreiras, oeste da Bahia.

Segundo a PRF, os agentes fiscalizavam o trecho quando receberam a denúncia de que o condutor havia abastecido seu veículo em um posto de combustíveis da região, tendo evadido do local sem realizar o pagamento.

Diante da informação, a equipe iniciou diligências, visualizando um carro com as mesmas características da denúncia. Os agentes deram ordem de parada, porém o comando não foi atendido e o motorista empreendeu fuga em alta velocidade.

Ainda conforme informações da PRF, durante a perseguição, o condutor transitou em velocidade incompatível com as vias, sem observar as normas gerais de circulação e conduta prudente no trânsito, bem como desrespeitou às sinalizações dos trechos durante a fuga.

Os agentes conseguiram interceptar o carro alguns quilômetros depois e, durante a abordagem, identificaram no condutor sinais de que havia ingerido bebida alcoólica, como dificuldade no equilíbrio, olhos vermelhos, forte odor de álcool no hálito.

O condutor foi submetido ao teste de etilômetro, cujo resultado indicou 1,1 mg/L de álcool por litro de ar alveolar expelido pelos pulmões, comprovando a embriaguez. O teste no aparelho apresentou índice quase 4 vezes maior do valor considerado como crime que é de 0,34 mg/L.

O homem foi preso em flagrante por embriaguez na direção. Ele foi encaminhado à delegacia e apresentado à autoridade policial de plantão.

Além de detenção por crime de trânsito, a multa por alcoolemia custa R$ 2.934,70, sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). O valor da multa é duplicado em caso de reincidência. Ainda há penalidade administrativa que suspende ou proíbe o motorista de obter a habilitação ou permissão para dirigir veículo automotor por um período de 12 meses.

Nenhum comentário