“Ela enganou não só o segmento evangélico, mas todo o Brasil”, diz Damares sobre Flordelis

 “Ela enganou não só o segmento evangélico, mas todo o Brasil”, diz Damares sobre Flordelis

Flordelis exonera de gabinete filhos afetivos presos acusados de matar  pastor Anderson - Jornal O Globo
Imagens da internet

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, disse que a deputada federal e pastora Flordelis (PSD-RJ) “enganou não só o segmento evangélico, mas todo o Brasil”. A parlamentar é acusada de ser a mentora do assassinato do marido, o pastor Anderson do Carmo. Segundo a polícia, o crime contou com a ajuda de filhos biológicos e adotivos da deputada.


Nesta quinta-feira (27), durante a live semanal com o presidente Jair Bolsonaro, Damares confessou que está “triste e indignada” com Flordelis. “Temos que esperar o julgamento, mas o relatório da polícia é robusto”, destacou a ministra.

Ela ainda demonstrou que não está à vontade com a utilização de fotos e vídeos em que as duas aparecem juntas. “Ela me procurou quando foi eleita e a história que ela contava pro Brasil era uma história linda de adoção, que me conquistou também”, lembrou Damares.

A ministra fez questão de dizer que até os atores que formaram o elenco do filme que conta a história de Flordelis foram enganados: “Eu, como milhões de brasileiros, já conhecia a história dela do cinema. E hoje mesmo vi os atores, quase todos globais, lamentando terem sido enganados. É isso, fomos todos enganados”, indignou-se Damares, praticamente negando o benefício da dúvida a Flordelis.

Bolsonaro aproveitou e frisou que também têm circulado fotos suas ao lado da deputada, mas que é fotografado a todo o momento com apoiadores. “Agora, eu e a Damares, a gente tem o couro duro. Fico chateado que minha esposa também tirou com ela e está circulando na internet”, acrescentou o presidente
.

Fonte: Veja Oeste

Nenhum comentário