Briga no Leblon: Jovem não se arrepende de tapa e mulher que jogou água cita 'filme pornô'

Briga no Leblon: Jovem não se arrepende de tapa e mulher que jogou água cita 'filme pornô'


Briga no Leblon: Jovem não se arrepende de tapa e mulher que jogou água cita 'filme pornô'
Foto: Reprodução/ Twitter

Uma confusão entre uma mulher de biquíni, que estava em carro conversível, e a frequentadora de um bar no Leblon, um dos bairros mais tradicionais do Rio de Janeiro, viralizou na internet neste fim de semana. 

 

A briga aconteceu na rua Dias Ferreira, na sexta (25). Tudo começou quando Scheila Mack e Priscilla Dornelles resolveram passear pelas ruas do bairro no Peugeut 308 CC Roland G do amigo Wilton Vacari. Sem máscaras, as duas banhistas foram filmadas dançando no veículo sem capota. Os três estavam animados: as meninas dançavam e todos trocaram beijos no carro com a capota abaixada.

 

Incomodada com a cena, a arquiteta Aline Araújo, que estava em um restaurante próximo, jogou duas garrafas d'água em cima de uma delas, Scheila. Contrariada, Sheila desce do carro, vai até Aline, dá tapas nela e depois volta ao carro. As imagens mostram ainda que um homem, que seria namorado da arquiteta vai até o carro onde está Sheila, e arranca a parte de cima do biquíni dela, que sobe de novo no veículo e deixa o local. Veja vídeo da confusão:

 

 

Nas redes sociais, as duas deram suas versões para o ocorrido. Em vídeo publicado no Instagram na tarde deste domingo (27), Scheila diz não ter se arrependido de bater em Aline. Contou também que, antes das agressões, foi chamada de vagabunda pela arquiteta. 

 

“Bati sim! Ela não se esquivou, não. E foi um tapa bem dado [...] Pulei do carro porque fiquei com muita raiva e não aceito apanhar de graça. Quando olhei, ela disse 'vem', me chamando. Foi aí que revidei. Estou certa? Acho que sim, porque tenho certeza que não mereço apanhar à toa".

 

A jovem finalizou o vídeo agradecendo o apoio que vem recebendo e deixando um recado para Aline. "Espero que você tenha paz de espírito, consiga se encontrar na sua vida para não ter inveja dos outros. Se seu objetivo for o que estávamos curtindo, passando, um dia você chega lá, querida".

 

Já Aline relatou que ficou incomodada com as cenas de “filme pornô” que, segundo ela, estavam sendo protagonizadas publicamente pelo trio no carro conversível. “Se eu soubesse que as oito horas da noite estava acontecendo filme pornô ao ar livre, eu teria ficado na minha casa obviamente com as crianças, mas acontecendo isso eu fiquei incomodada e realmente eu joguei água na mulher para que ela parasse com aquele fogo que ela estava”, contou Aline.

 

Ao jornalista Leo Dias, Vacari, dono do carro, disse que vai processar a arquiteta e o suposto namorado dela. O homem contou que os vídeos da confusão estão circulando nos grupos do seu trabalho e afirmou se sentir lesado.

 

"Só pra constar, sou engenheiro da Petrobras concursado, não pago mulher. Minhas amigas são mulheres que trabalham, e se sustentam. Não banco ninguém porque não preciso disso", revoltou-se Vacari.

 

"Os vídeos estão circulando nos meus grupos de trabalho e isso mancha minha imagem perante a minha empresa. Vou processar a arquiteta e o homem covarde que agrediu Scheila dentro do meu carro. Fui lesado. Até minha avó recebeu esses vídeos”, conta o engenheiro. Vacari acrescentou que costuma passear com seu conversível com a capota aberta e que não fez não fez nada de anormal.

 

“Sempre ando de carro com a capota aberta com as minhas amigas. Pra mim é uma coisa natural, quem é meu amigo ou me acompanha no Insta sabe que eu faço isso toda semana. Vim beijando uma, depois outra, depois elas se beijavam. Coisa mais que normal para a sociedade de hoje em dia. Jamais iria passar no Leblon, onde sou cria, fazendo cenas obscenas ou preliminares. Foi o que a menina achou de desculpa pra tentar aliviar um pouco o erro dela”, ponderou, negando a justificativa de Aline para a agressão. (Atualizada às 09h06)






Fonte: Bahia Noticías

Nenhum comentário