Câmara aprova criação de pipódromos para festivais de pipas

 

Por Thiago Rodriguez                                  28 de Outubro de 2020



O vereador Eurico Queiroz apresentou na noite de ontem (27/10) o projeto de lei número 062/20 em que autoriza ao município a criação de um espaço, destinado aos praticantes do esporte conhecido como pipeiros. Soltar pipa pode ser uma brincadeira de rua, mas poucos sabem que essa atividade também é um esporte, e que em diversas partes do mundo existem campeonatos que exigem muito profissionalismo dos praticantes e que geram emprego e renda, já que a presença do público é garantida. 

O pipódromo deverá ser constituído de espaços específicos para a prática da atividade  esportiva, artística e de lazer para o soltadores de pipa, familiares e amantes desta prática.

“Este é um esporte bastante praticado em Barreiras, porém ainda de forma incorreta, em locais inadequados.  A implantação do pipódromo vai mudar esta condição, dando segurança para praticantes, para admiradores e até mesmo para os familiares que costumam acompanhar os filhos. Vai ser um espaço amplo, longe das fiações elétricas e de residência, e que será utilizado dentro da forma da lei, atendendo todas as normas de segurança necessárias”, disse o vereador Eurico Queiroz. O projeto foi aprovado por unanimidade e segue para sanção do prefeito Zito Barbosa. 

No pipódromo não será permitido o uso de cerol ou linha chilena, que tem vitimado um grande número de motoqueiros e ciclistas, e terá a supervisão de profissionais deste esporte.

“O pipódromo será administrado por associações de pipeiros devidamente constituídas, legalizadas e reconhecidas, cabendo ao Poder Público a autorização, fiscalização e manutenção da ordem”, explica o vereador Eurico Queiroz.

Estão previstos a implantação de dois pipódromos em Barreiras. Um na Morada da Lua no local conhecido como Limpão e outro no Buritis, área limítrofe com o bairro Jardim Vitória.

A criação dos espaços, coloca fim ao risco eminente de soltar pipas próximo a rede elétrica e risco de atropelamento em ruas.


Jornalcidae1.com

Nenhum comentário