SEEDCORP I HO conquista 10% do mercado de soja no Oeste baiano

 




Com a safra praticamente comercializada, a SEEDCORP I HO comemora a crescente participação de mercado no Oeste baiano, um dos maiores produtores de soja do País. De janeiro até agora, a empresa vendeu aos produtores da região 170 mil sacos de sementes, que irão ocupar aproximadamente 135 mil hectares.

"O produtor da região reconhece, cada vez mais, o nosso germoplasma como diferenciado. Uma das nossas cultivares foi campeã na etapa regional do CESB e estamos bastante otimistas com os resultados obtidos nas duas últimas duas safras com a cultivar HO Mamoré, que estamos lançando. Na próxima safra devemos comercializar mais de 100 mil desta variedade", informa Daniel Glat, diretor de Operações da empresa, que sinaliza os bons resultados de outras cultivares voltadas para a região, dentre elas a HO Juruena, uma das mais plantadas.

A SEEDCORP I HO possui uma estação de pesquisa em Primavera do Leste (MT), porém, através de consultorias e parcerias com grandes grupos, tem uma ampla rede de ensaios que permite o desenvolvimento de materiais específicos para o Oeste baiano. Com armazéns refrigerados em Água Boa e Nova Mutum, todas no Mato Grosso, a empresa, segundo Glat, possui uma logística diferenciada e consegue atender os clientes da região em, no máximo, dois dias.

Raio X da empresa

Estação de Pesquisa em Primavera do Leste

Pesquisa e Melhoramento de soja para grupos de maturação 6 médio a 8 longo em todas tecnologias do mercado e fase de lançamento no curto prazo. Desenvolvimento de produtos para as regiões Centro, Centro-Oeste e Norte do Brasil (macrorregiões sojícolas 3, 4 e 5). Conduz atividades de cruzamentos, avanço de gerações segregantes, seleção assistida por marcadores moleculares, testes de progênies, ensaios de competição, incrementos, purificação e produção de sementes genética. Para acelerar suas gerações, conta também com desenvolvimento em contraestação (geração de inverno) em áreas junto ao seu sócio Produtiva Sementes, em Formoso do Araguaia (TO).

Armazéns refrigerados

A proximidade das propriedades rurais e o armazenamento em ambiente refrigerado de 10ºC a 12ºC possibilitam a expedição de sementes de soja e milho através do modelo "just in time", ou seja, o agricultor não precisa levar toda a sua semente para a propriedade, e sim retirar diante sua necessidade.

Pequena gigante

A SEEDCORP I HO desponta como um dos fortes players na oferta de sementes de soja no País. Além da pesquisa e desenvolvimento de novas cultivares, que contemplam plataformas atuais e futuras de biotecnologia, a empresa vem dando vários passos para ampliar a oferta de sementes. Recentemente, fechou parceria com a Agro Galaxy, plataforma agrícola do grupo Aqua Capital - com a Sementes Campeã e a Rural Brasil, em todo o Cerrado brasileiro; Grão de Ouro, em Minas Gerais; a Agro Ferrari, em São Paulo; e Sementes Boa Nova e AGRO100, no Paraná.

A empresa espera aumentar a capilaridade do seu germoplasma, disponibilizando, para a safra 2021/2022, 3,5 milhões de sacas de sementes de soja. "Hoje, além do modelo verticalizado, temos 17 parcerias de licenciamento, que visam ofertar cada vez mais os nossos materiais genéticos ao produtor", explica Glat.

Atualmente, a penetração comercial da SEEDCORP-HO, que teve sua primeira operação comercial própria a partir de janeiro de 2017, é de 5,5 milhões de hectareso que equivale a 15% do mercado de soja brasileira, o que, segundo o diretor de Operações, demonstra a imensa oportunidade de crescimento para os próximos anos. "Temos variedades de alta performance e amplitude, o que assegura nosso crescimento junto aos agricultores com os quais já trabalhamos. Nosso grande desafio é aumentar nossa capilaridade e expandir nossa oferta ao restante do mercado", afirma.

A empresa atua em uma área entre Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai que equivale a 60 milhões de hectares. Em 2019, faturou R﹩ 223 milhões, aproximadamente 50% com o modelo verticalizado (venda com a própria marca) e 50% licenciado. Na safra 2020/2021, a SEEDCORP I HO espera faturar R﹩ 320 milhões em 2020 .

"Com a introdução do banco de germoplasma HO aportado pelo nosso sócio GDM, em 2017, hoje temos todas as importantes plataformas de biotecnologia em nosso portfólio", revela Glat, que está otimista em fechar o ano com 8% de market share nacionalmente, com base no volume já comercializado. "Para a próxima safra, em 2021, nossa expectativa é alcançar aproximadamente 10%", afirma.

Principais números

. Faturamento em 2019: R﹩ 223 milhões, aproximadamente 50% no modelo verticalizado e 50% no licenciado.

. Capacidade instalada: 2 milhões de sacas, sendo 1.2 milhões próprias e 800 mil com terceiros.

. Banco de germoplasma HO e todas importantes plataformas de biotecnologia atuais e a serem lançadas em portfólio.

. Investimentos em pesquisa hoje já somam 1.5 milhão de dólares-ano e devem chegar a 2 milhões de dólares até 2022.

. Volume de sacas de sementes comercializadas em 2019: Aproximadamente 1.6 milhão de sacas de genética HO entre verticalizado e licenciado no Brasil, devendo atingir em 2020 aproximadamente 2.5 milhões de sacas no mercado brasileiro.

Com apenas cinco anos no mercado, a SEEDCORP I HO:

- Está presente em toda cadeia de sementes de soja, iniciando na pesquisa, passando pela produção, desenvolvimento de mercado, venda, distribuição, logística, armazenagem até atingir nosso consumidor final.

- 100% das vendas de amplo licenciamento em produtos exclusivos HO.

- Rede robusta rede de licenciamento que representa 50% das suas vendas, com volumes de vendas próximos de 100 mil sacas.

- Empresa com visibilidade no mercado nacional.

Sobre a SEEDCORP I HO

A SEEDCORP | HO é uma empresa única, presente em todas as etapas da cadeia de sementes - pesquisa, produção, desenvolvimento de mercado, vendas e logística -, oferecendo as melhores opções ao produtor em toda a América do Sul. Nascida da fusão, em 2017, da SEEDCORP e Horus Sementes, a empresa atua por meio de marca própria ou licenciando sua genética.

Nas redes sociais

Instagram: @seedcorpho

Facebook: /seedcorpho

Informações para a imprensa

Cláudia Santos
Connectare Comunicação
(11) 97663-4001


Daniela Zuim
Connectare Comunicação
(11) 98931-2204

Nenhum comentário