Postagens mais visitadas


Concurso IBGE 2021 cancelado! Entenda o que aconteceu.

 

Nesta terça-feira (6), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística informou que suspendeu a realização do Concurso IBGE 2021. O processo seletivo seria utilizado para contratar mais de 180 mil recenseadores e mais de 22 mil agentes censitári os e supervisores

em todo o Brasil. No entanto, em função do orçamento limitado, a realização do concurso será reavaliada.

Por que o Concurso IBGE 2021 foi suspenso?

A suspensão por tempo indeterminado do Concurso IBGE 2021 ocorreu em função de um severo corte orçamentário pelo qual o Instituto foi submetido. Inicialmente, o IBGE havia solicitado R$ 3,4 bilhões para viabilizar a realização do Censo Demográfico.

No entanto, sob pressão do Governo Federal, o Instituo teve que enxugar a pesquisa, que passou a ser orçada em aproximadamente R$ 2 bilhões. Apesar disso, o Congresso aprovou um orçamento de apenas R$ 71 milhões.

Ou seja, o orçamento solicitado pelo IBGE foi reduzido em 96%. Na prática, isso inviabiliza a realização do Censo Demográfico e, como consequência, impede a contratação do pessoal necessário para essa pesquisa.

Vale ressaltar que o Censo Demográfico é uma pesquisa complexa que abrange todos os municípios brasileiros e ocorre somente a cada 10 anos. Além disso, os dados levantados a partir dessa pesquisa são essenciais para guiar a elaboração de políticas públicas que realmente atendam as necessidades da população.

Censo 2021 cancelado. E agora?

De acordo com o IBGE, a aplicação das provas previstas nos editais (18/04 para Agente Censitário e 25/04 para Recenseador) foi suspensa, mas ainda pode acontecer em outras datas. O Instituto está aguardando uma resposta do Ministério da Economia sobre o orçamento do Censo. Somente após esse posicionamento, o IBGE poderá lançar um novo cronograma para as provas. 

Em nota divulgada à CNN Brasil Business, o Instituto também esclareceu que, se o processo seletivo não for realizado, o IBGE devolverá o valor pago pelos candidatos na taxa de inscrição.


Nenhum comentário