Teste


Breaking News

Bolsonaro critica valor do auxílio-reclusão e fala em “fazer justiça”


O presidente Jair Bolsonaro (PSL) criticou nas redes sociais o valor pago a família de presidiários, chamado de auxílio-reclusão, que atualmente é de R$ 1.292,43 mensais e cresceu cinco vezes nos últimos dez anos.
O presidente afirmou ter se reunido com ministros para discutir a questão e prometeu fazer “justiça” sobre o assunto.
“O auxílio-reclusão ultrapassa o valor do salário mínimo. Em reunião com Ministros, decidimos que avançaremos nesta questão ignorada quando se trata de reforma da previdência e indevidos. Em cima de muitos detalhes vamos desinchando a máquina e fazendo justiça”, escreveu.
Para a família do preso receber o auxílio-reclusão, é preciso que o detento tenha contribuído regularmente, antes do cárcere, com a previdência social.

Nenhum comentário