Teste


Breaking News

Alunos do município de Cocos ficam sem aula por falta de trasporte escolar







A situação da educação em Cocos está um verdadeiro caos. A maioria dos alunos da rede pública municipal que necessitam do transporte escolar estão sem aulas, tendo em vista que até o momento Existem 93 linhas aguardando processo licitatório para só depois começar a rodar.

Desde o início do mandato da atual gestão, o município vem tendo problemas com o transporte escolar.

Em agosto de 2018 o MPF fez a recomendação 008/2018 ao prefeito Dr. Marcelo tendo em vista que a Procuradoria da Republica em Bom Jesus da Lapa detectou uma série de irregularidades no transporte escolar do município.

Em dezembro de 2018 o Tribunal de Contas dos Municípios determinou uma auditoria na Prefeitura por suspeita de superfaturamento no contrato do transporte escolar feito com a empresa Globo Construções e Serviços, no valor de R$ 5.989.739,48.

No dia (05) de fevereiro de 2019 o Prefeito assinou Termo de Ajuste de Conduta – TAC, junto ao Ministério Público Federal sediado em Bom Jesus da Lapa, se comprometendo a cumprir uma série de requisitos para o bom andamento do transporte escolar no município sob pena de pagamento de multa de 10 mil reais por ato descumprido e responsabilização civil e penal.

Segundo a Professora e Vereadora Raquel Ana de Macedo, O Prefeito Dr. Marcelo vem demonstrando que não tem nenhum compromisso com a educação do município, e deixou para fazer a licitação do transporte escolar apenas no dia 1º de março, uma semana antes do início das aulas.

A licitação foi cancelada, pois os concorrentes não apresentaram a documentação exigida.

Foi marcada outra licitação para o dia (27) de março, ou seja, as aulas só irão começar em abril.

“Um verdadeiro absurdo e descaso com a população”, concluiu a Vereadora.

O Alerta Bahia tentou falar com Dr. Marcelo, porém não fomos atendidos.

Nenhum comentário