Teste

Breaking News

Bolsonaro quer reduzir aposentadoria de políticos de R$ 33 mil para R$ 5,8 mil


O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, quer uma ‘navalha na carne’, quando o assunto é a reforma da previdência. Recentemente, a proposta do governo federal para as mudanças na previdência foram anunciadas. Uma delas é elevar a idade mínima de aposentadoria, que no caso dos homens seria de 65 anos. 
O que pouca gente sabe é que, nas propostas de Bolsonaro, há também uma mudança na previdência para os novos políticos. A principal é que ela seguiria as regras do INSS. Atualmente, um político aposentado recebe mais de R$ 30 mil. No entanto, caso a medida fosse aprovada, seria seguido o teto do INSS. 
Atualmente, através do INSS, nenhum segurado recebe mais de R$ 5,8 mil de um mesmo benefício, mas há ainda pessoas que acumulam aposentadorias. Esse acúmulo, segundo a proposta do governo, também chegaria ao fim. 
Muito ainda precisa ser discutido da previdência, mas a vontade de pelo menos mudar algo para os políticos, diminuindo os benefícios que eles recebem atualmente, foi bastante elogiada através das redes sociais, inclusive por aqueles que normalmente não pregam das mesmas ideias de Jair.

Conheça algumas das outras propostas de mudança da previdência, sugeridas por Bolsonaro

Como é: não é preciso tempo de contribuição máximo para se aposentar, basta que as mulheres tenham 60 anos e os homens 65.
Governo Bolsonaro propõe: idade mínima de 62 para as mulheres e 65 para homens, sendo que poderá haver uma mudança quando a expectativa de vida dos brasileiros começar a subir.
Para os dois a proposta é de no mínimo de 20 anos de contribuição, sendo que para receber 100% é necessário trabalhar por 40 anos. 

Nenhum comentário