Teste


Breaking News

Após ser picada por cobra e liberada de hospital, menina de 12 anos morre na Bahia


Na segunda-feira (5), uma menina de 12 anos morreu cerca de 14 dias após ser picada por uma cobra, na cidade de Camacan. O caso ocorreu no dia 22 de julho, após o ocorrido ela foi atendida em uma unidade de saúde e liberada em seguida. Porém, quatro dias depois, a menina passou mal, foi internada, mas não resistiu.
De acordo coma família da vítima, a garota foi picada enquanto brincava na casa de uma amiga.
Ainda, o pai contou que após a filha ser picada, ele a levou para a Fundação Hospitalar de Camacan, mas que na unidade não tinha o soro utilizado em casos de picadas de animais peçonhentos. O homem, disse que a menina tomou um soro comum e, em seguida, foi liberada.
A unidade de saúde informou em nota, que a menina recebeu o atendimento necessário para o caso e que, o hospital solicitou o soro antiofídico ao município, que tem total responsabilidade de armazenamento da substância, mas que na ausência da medicação, houve a necessidade de transporte para transferência.
Contudo, após perceber que a filha não estava bem, ele contou que decidiu levar a menina para o Hospital Manoel Novaes, em Itabuna. Ela foi encaminhada para a UTI, onde ficou internada até segunda, quando morreu
O corpo foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica de Itabuna (DPT), e o motivo da morte apenas será definida após o laudo do departamento. O enterro está previsto para às 9h de quarta-feira (7), em Camacan.
O pai registrou o caso na delegacia da cidade, que está investigando o caso.

Nenhum comentário