Teste


Breaking News



Vereador é suspeito de receber salário como professor sem trabalhar


O vereador do município de Serra do Ramalho, no oeste da Bahia, Atenildo Santos do Nascimento (PSDB), de 40 anos, recebe salário de uma matrícula que ele tem na Secretaria Municipal de Educação como professor de 20 horas, no valor de R$ 3.233,58, além do valor de pouco mais de 7 mil que ele recebe como legislador.


Conforme apurou o portal Folha do Vale, Atenildo foi eleito na décima terceira posição no pleito de 2016, com 373 votos, mas estava assumindo a secretaria de Assistência Social. Não é proibido ele receber os dois salários, porém ele precisar exercer os dois cargos. Somando os dois proventos ultrapassa 10 mil reais.


De acordo com a secretária de Educação Maria Aparecida Rosa da Silva Santos, o vereador recebeu o salário um mês só, após o RH- Recursos Humanos cometer um equivoca, mas o valor foi devolvido após o parlamentar ser notificado.


Procurado pelo portal, o vereador que ele é professor e foi cedido para secretaria de Assistência Social, através de termo de parceria das secretarias. “Não sou pago com recursos do Fundeb ,mas recursos próprios do Município. Tudo foi feito conforme determina o Estatuto do Magistério Municipal. Recebi o pagamento pelo Fundeb três meses, mas devolvi”,disse ele.


Fonte: Blog Bahia / Folha do Vale

Nenhum comentário