Teste


Breaking News



37 milhões ainda não fizeram o saque imediato do FGTS



O prazo para realizar o saque imediato do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) irá finalizar no dia 31 de março. E cerca de 37 milhões de trabalhadores, o que equivale a 38% dos trabalhadores, ainda não receberam o seu dinheiro. O saque do FGTS nesta modalidade foi disponibilizado em 2019.


O saque imediato se iniciou no mês de setembro do ano passado para os correntistas da Caixa Econômica que tiveram o seu dinheiro creditado automaticamente em conta.

Após o fim do prazo em 31 de março, aqueles que ainda não realizaram o saque, independente do mês de aniversário, só podem receber a quantia em caso de doença grave, aposentadoria e no uso para comprar a casa própria.


Após lançar o calendário para recebimento de até R$500 por conta vinculada do FGTS, o governo decidiu que os trabalhadores poderiam retirar o dinheiro todo da contas, desde que até dia 24 de julho de 2019 somassem um saldo de até R$998.

O dinheiro complementar foi liberado desde o dia 20 de dezembro, mesmo que o trabalhador já tivesse retirado os R$500 de suas contas. Se não fizer o saque do seu saldo até a data limite final, o dinheiro vai retornar para as contas, com a atualização monetárias e juros que correspondem ao período em que estiveram disponíveis para que fossem sacados.



Nenhum comentário