CNMP arquiva pedido de processo contra procuradores por caso do PowerPoint

CNMP arquiva pedido de processo contra procuradores por caso do PowerPoint

CNMP arquiva pedido de processo contra procuradores por caso do PowerPoint
Foto: Reproduçã/RBA


Por unanimidade, o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) decidiu arquivar o pedido de abertura de inquérito contra Deltan Dallagnol, Roberson Pozzobon e Júlio Noronha no caso do PowerPoint. Os conselheiros concordam que o caso já prescreveu. 


O revés em relação a decisão ocorreu após conselheiros mudarem seus votos , em reconhecimento à prescrição, segundo O Antagonista. No entanto, oito deles chegaram a afirmar que caso não tivessem demorado tanto para julgar o assunto e as penas não estivessem prescritas, havia motivos para instauração de processo administrativo disciplinar (PAD).


O julgamento, segundo a reportagem, se encaminhava para a abertura do processo, mas o conselheiro Sebastião Caixeta, que era a favor de abrir o processo, mudou o voto durante a tarde de hoje e reconheceu a prescrição das punições, caso fosse aberto o PAD. Também mudaram o voto os conselheiros Otavio Rodrigues, Bandeira de Mello e Fernanda Marinela, antes favoráveis a reabertura. 


Com isso, todos votaram contra a abertura do processo. Venceu o posicionamento do relator, Marcelo Weitzel. Ele havia votado contra a abertura do processo por entender que, como a Corregedoria do MPF e a Corregedoria do CNMP já analisaram acusações sobre o caso do PowerPoint, o assunto já deveria ter sido encerrado, diz o site. 


A apresentação feita por Dallagnol em 2016 é considerada como abuso de poder pela defesa de Lula. No PowerPoint, o ex-presidente aparecia como comandante de uma suposta organização criminosa. 




Fonte: Bahia Noticías

Nenhum comentário