Postagens mais visitadas


 PASTOR SARGENTO ISIDÓRIO CONTA QUE FILHO TEVE PREMONIÇÃO POUCO ANTES DE MORRER

18 DE NOVEMBRO DE 2021

Uma semana após a morte do deputado estadual João Isidório, o pai do parlamentar, deputado federal Pastor Sargento Isidório, conversou com o g1. O pastor revelou que oito dias antes de se afogar na praia do Loreto, na Ilha dos Frades, que pertence a Salvador, o filho contou que teve uma premonição sobre a própria morte. João Isidório morreu na última quinta-feira (11), após ter caído no mar durante um passeio de lancha.

“Ele disse para minha nora: ‘Lucrécia, você vai me perder. Eu vou partir’. Ela ainda brincou, perguntando se ele queria se separar, e ele disse: ‘É Deus quem vai me levar’”, contou Isidório.

“Nunca usei gravata preta na vida. No dia do ocorrido, eu ia na governadoria, peguei uma gravata preta. Eu já estava vivendo o luto e nem sabia, mas tem coisas que Deus avisa”, disse Isidório.

O deputado federal falou sobre a amizade com o filho, a quem fez muitos elogios, e disse que os dois eram grandes parceiros. “Ele era meu escudeiro. Ele nasceu, viveu 29 anos e sempre foi um menino obediente. Sempre tive nele um amigo, um espírito valente”.

Sargento Isidório também contou que a família tem lidado com a ausência de João Isidório através do convívio, já que a maior parte dos familiares vivem juntos na Fundação Dr. Jesus, instituição que trabalha no tratamento e acolhimento de dependentes químicos.

“A falta dele está sendo suprimida porque meus filhos, minhas filhas, minha mulher todos moram aqui dentro da fundação. O meu neto Felipe, todo mundo mora aqui dentro. É uma cidadela isso aqui, então todo mundo se apoia”, disse.

De acordo com o Sargento Isidório, João será homenageado na Fundação Dr. Jesus, na sexta-feira (19). O parlamentar diz que pretende se manter forte para seguir o trabalho que tinha o filho como parceiro.

“Haverá um encontro do internamento, onde umas 40, ou 50 pessoas vão entrar na fundação e haverá uma homenagem ao meio-dia, com esse encontro dedicado para ele. Eu vou tentar ser forte. Não é só por ele que eu choro. Existem outros Joãos, outros Isidórios, então é preciso pedir força a Deus para seguir cuidando dos outros”, contou o parlamentar.

Via: G1

Nenhum comentário