Teste

Breaking News

O mal que atinge 97% dos brasileiros




Brasileiro deixa tudo para a última hora? De acordo a empresa Triad Productivity Solutions, especializada em produtividade, sim. A companhia chegou a essa conclusão após realizar uma pesquisa com mais de quatro mil internautas de 22 estados brasileiros. O resultado foi que 97,4% da população tem o hábito de deixar para depois alguma atividade do cotidiano.
As quatro atividades que mais são “empurradas com a barriga” são:
- Exercício físico;
- Leitura;
- Cuidados com a saúde;
- Planejamento financeiro.
Segundo a psicóloga Flávia Leonardo o comodismo e a falta de organização são os principais motivos que levam as pessoas a adiarem as atividades. E essa atitude de deixar tudo para a última hora gera consequências:
“O adiamento dessa tomada de decisão e de atitude tem como consequência o desconforto psicológico e emoções como culpa, insatisfação e frustração. A ansiedade e o estresse gerados pela pressão causada ao ter que cumprir algo em cima do prazo proporcionam também uma confusão cognitiva e tarefas simples ficam mais complicadas”.
Como exemplo, a psicóloga cita alguém que resolveu sair de casa para seu compromisso na última hora, está atrasado e percebe que perdeu algo importante, como as chaves do carro.
“Essa pessoa na verdade já não consegue enxergar onde está a chave”, explica a doutora. “As tarefas adiadas sempre representam algo que nos traz desconforto e é primordial entender que desconforto é esse para conseguir superar esse hábito”.
Para o mestre em administração de empresas Alexandre Chiacchio a melhor forma de cumprir uma ação que sempre fica para depois é aprender a se organizar de forma certa. Ele dá o passo a passo:
1- Estabeleça metas: “O primeiro ponto é estabelecer metas claras. Com isso você vai saber exatamente aonde quer chegar e o que precisa fazer”.
2- Faça listas: “O segundo passo é listar as atividades e priorizar”. Ou seja, escreva o que você precisa fazer e defina o que é mais urgente.
3- Decida quanto tempo pode dedicar a cada tarefa: “O terceiro passo é estabelecer o tempo que você vai gastar para cada uma dessas atividades. Ao conquistar cada um desses objetivos se recompense. Você também merece, você precisa se recompensar. E seja persistente.”
Em seu blog pessoal, o Bispo Renato Cardoso publicou um artigo falando sobre o tema. Se você precisa aprender a se livrar do comportamento procrastinador clique aqui e leia o texto completo do Bispo.
(*) Com informações e entrevista do Programa Brasil Notícias, da Rede Aleluia

Nenhum comentário