Teste

Breaking News

Vereadores denunciam licitação milionária para limpeza pública em Ibititá







Os vereadores Paulo Dourado e a Professora Cris denunciaram, em sessão ordinária da Câmara Municipal de Ibititá, a licitação de 5.200.000,00 (Cinco milhões e Duzentos Mil Reais), cujo valor será pago em 10 parcelas mensais de R$ 520.000,00 (quinhentos e vinte mil reais), conforme contrato efetivado pela Prefeitura Municipal para limpeza pública no município. Os Edis afirmam que o município possui um quadro efetivo de funcionários de limpeza urbana, fato esse que comprova que não há necessidade de uma licitação de tamanha ordem de despesa.

De acordo com os vereadores, o prefeito pode responder por improbidade administrativa e por descumprimento da lei 8.666/93, a qual prevê que a empresa tenha atividade específica no ramo de gerenciamento e destino de resíduos sólidos, contrariando totalmente a lei de licitações, pois a empresa VLS Locação de Máquinas, Equipamentos, Comércio e Serviços LTDA, sob CNPJ 10.679.921/0001-86, pelo próprio nome de fantasia já deixa dúvidas. Nunca operou e não se tem conhecimento, na região de Irecê, de qualquer contrato onde a empresa tenha prestado serviço com o objeto de limpeza pública.


Os parlamentares municipais imbuídos com suas prerrogativas da função de vereador afirmam que a licitação deve ser cancelada, em virtude do altíssimo valor cobrado. Para isso, eles irão protocolar ação nos órgãos responsáveis, como Ministério Púbico (MP) Federal e Estadual e Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), pedindo a suspensão do Contrato.  

Nenhum comentário