Teste


Breaking News

Justiça não permite Bolsonaro doar R$ 1,7 milhão que sobrou de campanha para a Santa Casa




O presidente eleito do Brasil, Jair Bolsonaro (PSL), disse nesta terça-feira (30) que quer doar o valor arrecadado de sua campanha que não foi gasto para a Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora, onde ele foi atendido após ser esfaqueado.

Apesar disso, a Justiça não permite esse tipo de doação que Bolsonaro quer fazer.
O TSE informou que “a legislação eleitoral não permite a doação, uma vez que as sobras de campanha devem retornar ao partido e o comprovante de transferência deve ser enviado junto com a prestação de contas à Justiça Eleitoral”.
Bolsonaro ia doar R$ 1,7 milhão para a Santa Casa. No Facebook, o presidente eleito chegou a falar de sua intenção, mas não garantiu que a doação será feita justamente por conta da legislação eleitoral.
“Nossa campanha custou cerca de R$ 1,5 milhão, menos que a metade do que foi arrecadado com doações individuais. Pretendo doar o restante para a Santa Casa de Juiz de Fora, onde nasci novamente. Acredito que aqueles que em mim confiaram estarão de acordo. Muito obrigado a todos”, falou.

Nenhum comentário