Teste


Breaking News

Lama de rejeitos já atinge Parque de Abrolhos, aponta universidade


Uma pesquisa aponta que a lama de rejeitos que rompeu em Mariana, em Minas Gerais, já chegou em Abrolhos, no extremo sul baiano. O relatório é da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) e foi divulgado na terça-feira (19). Metais como zinco e cobre foram encontrados no Parque Nacional Marinho dos Abrolhos. Segundo o G1, o coordenador do trabalho, Heitor Evangelista, o dano é irreparável. A iniciativa monitorou a dispersão da lama de Mariana do Rio Doce até o mar.

Nas 50 páginas, o relatório constatou um aumento de metais pesados na água misturada à lama. Ainda segundo a reportagem, um projeto feito na região baiana constatou o branqueamento em vários corais, fenômeno causado principalmente pelo aumento da temperatura. Conforme o Projeto Coral Vivo, os corais não estão mais saudáveis. A situação piora a saúde ambiental, o que reflete na pesca e no turismo locais. O rompimento da barragem de Mariana ocorreu em novembro de 2015 

Nenhum comentário