Teste

Breaking News

Secretaria de Indústria e Comércio participam de encontro de incentivo à exportação


Em Barreiras, o potencial do comércio e indústria ganhou um importante aliado. Na tarde de quinta-feira, 09, o secretário municipal de indústria, comércio e serviços, Carlos Costa, esteve na Faculdade São Francisco de Barreiras – FASB, acompanhado do subsecretário Roberto de Carvalho, para uma reunião com a gestora do convênio Apex Brasil – FASB, Ana Cláudia Barbosa. Com a união entre as instituições, os empreendedores da cidade ganharam a oportunidade de participar do Programa de Qualificação para Exportação – PEIEX, que oferece gratuitamente suporte metodológico para introdução no comércio exterior.
Além dos gestores da secretaria municipal, participaram da reunião representantes da APEX – Brasil, do Núcleo do Programa em Barreiras, membros da União dos Municípios do Oeste da Bahia – UMOB, Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia – Aiba, Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães e da Câmara de Dirigentes Lojistas de Barreiras – CDL.  
No Brasil, o PEIEX atua desde 2008 e vem desenvolvendo parcerias com instituições de ensino e associações para projetos de capacitação e inserção dos produtos brasileiros no mercado externo e grandes feiras comerciais.
“Para que a gente tenha mais empresas exportando, precisamos levar essa cultura exportadora. O Brasil é muito grande, tem um mercado consumidor gigantesco, e sempre foi culturalmente muito voltado para dentro. Exportar sempre parece algo muito difícil, muito distante da realidade do país, então a gente sempre pensou isso, ter um projeto para orientar o empresário a exportar, dar as primeiras informações sobre como é possível fazer”, destacou Ana Claudia Barbosa.
Segundo o secretário de indústria e comércio, Carlos Costa, é importante que a região vá além da venda de commodities e comece a beneficiar sua produção, adquirindo assim mais valor agregado. A Prefeitura tem fortalecido ao longo dos anos, as parcerias com o Sistema S, IEL e instituições de ensino para garantir que a mão de obra local esteja alinhada à atração de investimentos.
“Os commodities são importantes nesse processo, mas as indústrias do nosso país e da região Oeste também devem beneficiar seus produtos para fortalecer sua presença, nos dois mercados: interno e externo. Nós temos aqui um polo industrial muito forte, com pessoas chegando o tempo todo, o oeste cresce a passos largos. A palavra-chave em ambientes assim é capacitação, e estamos sempre procurando investimentos de empresas novas para Barreiras, buscando a geração de emprego e renda, acreditamos também que nossos produtos devem ser valorizados e beneficiados aqui”, enfatizou Carlos Costa.




Nenhum comentário